PLANO DE AMOR PERFEITO


Sempre gostei de árvores e plantas, acho que por meus pais gostarem de plantação e terem me ensinado desde nova que quando a gente coloca amor no plantio, a planta sente e cresce saudável e bonita.
 Acho que associei isso como um tipo de relacionamento, como se houvesse uma reciprocidade de afeto entre a natureza e nós.

Com o tempo e com mais responsabilidades fui deixando esse contato de lado, parei de fazer caminhada em uma avenida arborizada e florida que eu amava, depois me mudei para sp e praticamente não tomava nem sol. 

Esses dias estava lendo um livro que dizia que a natureza é um reflexo do amor de Deus, ela não é apenas uma paisagem e contém a essência da vida. Foi como um tapa de luvas ler isso, vi como estava me sentindo constantemente exausta e como havia deixado de apreciar e “sentir” a vida ao meu redor.

 Estamos todo tempo cercados por um plano de amor perfeito que nos possibilita existir , uma simples árvore nos permite respirar, comer, beber (com a evaporação da água retida nas copas das árvores que retornam como chuva para nós) e construir. Quando passamos a estar cientes que somos cuidados por esse plano perfeito, deixamos de usufruir apenas da matéria que o universo nos oferece e passamos a nutrir a nossa alma, cientes do no lugar que nos pertence: o centro do amor de Deus! 


Pin It